Terça-feira, 2 de Junho de 2009

GTIST, CITAC e TUITI são os grandes vencedores do FATAL 2009

O FATAL 2009 chegou ao fim numa festa que não esqueceu os 10 anos do maior Festival de Teatro Académico de Portugal. O momento alto da noite foi a Entrega de Prémios aos grupos vencedores, que se prolongou numa Festa ao ritmo dos anos 80.



O GTIST – Grupo de Teatro do Instituto Superior Técnico – venceu o Prémio FATAL 2009, destinado a premiar o melhor espectáculo apresentado no Festival e patrocinado pela REN, com o espectáculo Agora o monstro, encenado por Gustavo Vicente, a partir de Enki Bilal.


O Júri atribuiu o Prémio FATAL Cidade de Lisboa 2009, patrocinado pela Câmara Municipal de Lisboa, ao espectáculo mais inovador do Festival: o do CITAC – Universidade de Coimbra – encenação de Vvoitek Ziemilski e criação colectiva Reality Show.


O Prémio FATAL do Público, patrocinado pelo Instituto Português da Juventude, e destinado a premiar o espectáculo mais votado pelos espectadores, foi atribuído ao TUITI, Teatro da Universidade Internacional para a Terceira Idade, com o espectáculo A Culpa é da Galega!, de autoria e encenação de Carlos Melo, que recebeu ainda uma Menção Honrosa do Júri.


Também o GEFAC (Grupo de Etnografia e Folclore da Universidade de Coimbra), o GTN (Grupo de Teatro da Faculdade de Ciências Sociais e Humana da Universidade Nova de Lisboa) e o NNT (Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa) arrecadaram Menções Honrosas atribuídas pelo Júri.


A noite continuou com a animação ao som da música dos anos 80, numa Festa FATAL que fechou a 10ª edição do FATAL. Durante 20 noites, 24 grupos mostraram o que de melhor se faz no Teatro Académico de Portugal, Espanha, França, Alemanha e Brasil.


Com a lotação da Sala das Novas Tendências no Teatro da Comuna a rondar os 90%, e, por toda a cidade de Lisboa em performances, workshops, espectáculos site specific, exposições e instalação urbana, foram muitos os espectadores que puderam comprovar a qualidade dos grupos de Teatro Universitário participantes no FATAL 2009, que prometem voltar a animar o coração da cidade na próxima edição.


Fotografia: Agora o Monstro, GTIST (Grupo de Teatro do Instituto Superior Técnico), peça distinguida com o Prémio FATAL 2009. [Créditos: Tânia Araújo | MEF - Movimento de Expressão Fotográfica]


Publicado por Organização às 15:41
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 22 de Maio de 2009

Festa FATAL & Entrega de Prémios

29 de Maio de 2009 | 22 horas
Teatro da Comuna


O FATAL toma de assalto o Café–Teatro da Comuna no dia 29 de Maio para a Festa de Encerramento do Festival. Veste a tua roupa mais FATAL e junta-te a nós nesta festa inesquecível. A noite começa com a Entrega dos Prémios atribuídos pelo júri do Festival àqueles que mais e melhor se destacaram nesta edição.


A partir das 24 horas, é altura da música, da dança, da alegria e do espírito dos anos 80 invadirem a sala numa festa que irá até onde a noite nos levar…!


Informações úteis:

Bilhetes à venda no próprio dia, no local – 3 euros

Tel.: +351 210 113 406 fatal@reitoria.ul.pt


 


Publicado por Organização às 18:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 19 de Maio de 2009

FATAL 2009 | Terceira Semana


 

O FATAL 2009 entra na última semana de espectáculos, mas ainda tem muito para mostrar.


Na segunda-feira, dia 18 de Maio, às 21h30, o auditório do IPJ de Moscavide, recebe o dISPArteatro que apresenta Buracos Negros, uma criação colectiva com encenação de Nicolau Antunes.


Dia 19 de Maio, terça-feira, os espectáculos voltam ao Teatro da Comuna. Às 21h30, o palco recebe o grupo aufeinerseite.net, da Ruhr-Universität Bochum, Alemanha. O espectáculo, encenado por Mirjam Schmuck e Fabian Lettow, é Traktor, de Heiner Müller. Este espectáculo será legendado em português.


Na quarta-feira, dia 20 de Maio, às 21h30, o espectáculo Hide (Oculto), a partir de Robert Louis Stevenson, encenado por Fernando Dacosta, é a proposta do grupo da Aula de Teatro Universitária Maricastaña, da Universidade de Vigo, Espanha. A partir das 23 horas, é a Praça Luís de Camões que recebe a performance Uma Viagem de Pijama Enquanto Dormimos Acordados. O grupo NNT, coordenado por Joana Craveiro, mostra, durante 15 minutos, as cenas directors cut do espectáculo As Cidades Impossíveis.


Na quinta-feira, dia 21 de Maio, a noite começa às 20 horas, na Faculdade de Belas-Artes. O grupo bozart, dirigido por A. Branco apresenta a performance a menina do megafone, com a duração de 40 minutos. A partir das 21h30, o Teatro da Comuna recebe o Teatro UITI – Universidade Internacional da Terceira Idade, que se apresenta pela primeira vez na programação principal do FATAL. O espectáculo A Culpa é da Galega!, é da autoria e encenação de Carlos Melo.


Dia 22 de Maio, sexta-feira, às 21h, o Teatro da Comuna recebe a performance Baden-Baden: o acordo, pelo grupo Next, coordenado por Edward Fão. Às 21h30, sobe ao palco o Tictac, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. O espectáculo Inquietudes (Quarto Suspenso) é construído a partir de vários autores, e encenado por Tó Maia. Às 23h, o dISPArteatro apresenta, no Bairro Alto, Parar, uma performance encenada por Nicolau Antunes.


No sábado, dia 23 de Maio, às 21h30, o Teatro da Comuna recebe o GEFAC, da Universidade de Coimbra, com o espectáculo Você Está Aqui, uma criação e encenação colectivas.


Os espectáculos do FATAL 2009 despedem-se no dia 24 de Maio, domingo, às 17 horas, no Teatro da Comuna. O 3º ano da Licenciatura em Teatro da Universidade de Évora, encenado por Maria do Céu Guerra, apresenta o espectáculo Mulheres que Voam, a partir de vários autores.


Mas o FATAL não vai terminar com os aplausos ao último espectáculo. Ao cair do pano, as luzes viram-se para a Festa FATAL, no dia 29 de Maio, no Café-Teatro da Comuna.


A Festa dos 10 anos FATAL começa com a entrega de prémios. A partir das 22 horas, o júri chama ao palco os grupos vencedores. Depois, a festa prolonga-se, noite dentro, enquanto a cidade se despede da décima edição do maior Festival de Teatro Universitário do país.


Fotografia: Peça Mulheres Que Voam, do 3º Ano de Licenciatura em Teatro, Universidade de Évora, Encenação de Maria do Céu Guerra.



Publicado por Organização às 11:58
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 27 de Maio de 2008

Festa FATAL - Entrega de Prémios e Encerramento do FATAL 2008

Sábado, 31 de Maio | 22 horas | Cabaret Maxime, Lisboa


O Cabaret Maxime vai ser FATAL!


Se, para ti, a noite ideal é passada com muita música e dança e, ainda por cima, com “cheirinho” a teatro, então não vais perder a Festa FATAL - Sábado, dia 31 de Maio, no Cabaret Maxime - o último destino do FATAL2008, a fechar a sua nona edição.


Na Festa FATAL, não vão faltar actores e encenadores para animar a noite, que começa com a entrega dos Prémios FATAL aos grupos de teatro universitário que se destacaram nesta edição do festival.


Pelas 24 horas, os “Les Pastis” vão dar música até às tantas, pelas mãos da DJ Miss Nicotine, residente no Maxime e Velvet, e Filipe Nabais, também residente no Velvet e Incógnito.


Do Bairro Alto ao Cabaret Maxime é… um pulinho! Aparece para comemorar connosco a noite mais FATAL do ano!


Publicado por Organização às 11:14
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 5 de Junho de 2007

GTN e GTL premiados na 8ª edição do Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Da esquerda para a direita, Diogo Bento (encenador do GTN) e Ávila Costa (encenador do GTL); encenadores dos grupos premiados na 8ª edição do Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa

 

Prémio FATAL 2007
Patrocinado pela REN – Rede Eléctrica Nacional

Atribuído, pelo Júri, ao melhor espectáculo apresentado no Festival.

Blame Beckett

Texto a partir de Samuel Beckett e outros autores
Encenação de Diogo Bento
GTN  - Grupo de Teatro da Nova,
da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa

 

Prémio FATAL- Cidade de Lisboa 2007
Patrocinado pela Câmara Municipal de Lisboa

Atribuído, pelo Júri, pela escolha do texto, e pela abordagem e trabalho do grupo na construção do espectáculo.

A Missão
Texto de Heiner Müller
Encenação de Ávila Costa
GTL
- Grupo de Teatro de Letras
da Faculdade de Letras  da Universidade de Lisboa



Publicado por Organização às 18:17
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos

.Sobre o Festival

.Pesquisar neste blog

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Posts recentes

. GTIST, CITAC e TUITI são ...

. Festa FATAL & Entrega de ...

. FATAL 2009 | Terceira Sem...

. Festa FATAL - Entrega de ...

. GTN e GTL premiados na 8ª...

.Arquivos

. Abril 2010

. Março 2010

. Outubro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Junho 2007

. Maio 2007

.Tags

. todas as tags

.Links

.Participar

. Participe neste blog